segunda-feira, 27 de agosto de 2012

22 anos sem Stevie Ray Vaughan!

Stevie Ray Vaughan!


Stephen Ray "Stevie Ray" Vaughan (Dallas, 3 de outubro de 1954 — East Troy, 27 de agosto de 1990) foi um guitarrista de blues elétrico norte-americano. Era o líder da Double Trouble. Nascido em Dallas, Vaughan se mudou para Austin com 17 anos, quando iniciou sua carreira musical. Foi uma importante figura do Texas blues, um estilo musical caracterizado pelo swing e pela fusão do blues com o rock. Tornou-se um dos principais músicos do blues rock, com diversas aparições na televisão e álbuns lançados. O trabalho de Vaughan englobou diversos estilos, incluindo o jazz e baladas. Foi indicado à doze Grammys, vencendo seis; em 2000, foi postumamente induzido ao Hall da Fama do Blues. Morreu em 27 de agosto de 1990, em um acidente de helicóptero em East Troy que também pôs fim à vida de integrantes da equipe de Eric Clapton. 


No dia 27 de agosto de 1990, ele morreu em um acidente de helicóptero próximo a East Troy, Wisconsin. SRV seguia para uma apresentação no Alpine Valley Music Theater, onde na tarde anterior se apresentara junto com Robert Cray, Buddy Guy, Eric Clapton e seu irmão mais velho Jimmie Vaughan. Quatro helicópteros estavam a disposição dos músicos, e Stevie encontrou um lugar vazio em um helicóptero com alguns membros da equipe de Clapton, e decidiu embarcar. Em conseqüencia do céu extremamente nublado e da forte névoa, o helicóptero de Stevie virou para o lado errado e foi de encontro com uma pista artificial de ski. Não houve sobreviventes, e o Rock perdera um dos seus maiores expoentes. Stevie Ray Vaughan está enterrado no Laurel Land Memorial Park,em Dallas, no Texas.



No início de sua carreira Vaughan fazia apresentações na banda de seu irmão Jimmie Vaughan, a princípio tocando o contra-baixo, apenas para ter a oportunidade de tocar em uma banda, que era seu desejo na época. Com a experiência adquirida e de agora em diante assumindo a guitarra definitivamente e após tocar em uma série de bandas, Vaughan formou o conjunto de blues, country e rock chamado Double Trouble com o baterista Chris Layton e o baixista Jackie Newhouse no final dos anos 70. Tommy Shannon substituiu Newhouse em 1981. No início conhecido apenas localmente, logo Vaughan atraiu a atenção de David Bowie e Jackson Browne, gravando em álbuns de ambos. O primeiro contato de Bowie com Vaughan havia sido no Montreux Jazz Festival. Bowie lançou Vaughan em seu álbum "Let's Dance" na canção com o mesmo nome e também na canção "China Girl".
O álbum de estréia do Stevie Ray Vaughan & Double Trouble foi lançado em 1983. O aclamado pela crítica, Texas Flood (Produzido por John Hammond) lançou o sucesso top 20 "Pride and Joy" e vendeu bem tanto nos círculos de blues como de rock. Os álbuns seguintes, "Couldn't Stand the Weather" (1984) e "Soul to Soul" (1985), vivenciaram quase o mesmo sucesso dos discos anteriores. O vício em drogas e o alcoolismo levaram Vaughan a ter um colapso durante sua turnê em 1986. Passou por um processo de reabilitação na Georgia um ano mais tarde. Após seu retorno, Vaughan gravou "In Step" (1989), outro disco aclamado pela crítica que ganhou um Grammy pela melhor gravação de Blues Rock.
Foi considerado o 12º melhor guitarrista do mundo pela revista norte-americana Rolling Stone.



O estilo musical de Vaughan tocar blues e southern rock era fortemente influenciado por Albert King, que se auto-proclamou "padrinho" de Stevie, e por outros músicos de blues como Otis Rush and Buddy Guy. Stevie é reconhecido por seu som de guitarra característico, que em parte provinha do uso de cordas de guitarra espessas, pesadas, calibre .013 e também da afinação meio tom abaixo do normal em (Eb) mi bemol. O som e o estilo de Vaughan tocar, que freqüentemente mescla partes de guitarra solo com guitarra rítmica, também traz freqüentes comparações com Jimi Hendrix; Vaughan gravou várias canções de Hendrix em seus álbuns de estúdio e ao vivo, como "Little Wing", "Voodoo Child (Slight Return)" e "Third Stone from the Sun". Ele também era fortemente influenciado por Freddie King, outro grande músico texano, pricipalmente pelo tom e ataque. O pesado vibrato de King pode ser claramente ouvido no estilo de Vaughan. Outra influência no estilo foi Albert Collins. Sua técnica da mão direita. Em Texas Flood, grande sucesso e estilo marcante de SRV, notoriamente foi infuenciado por Larry Davis (1958 original Texas Flood)



Sua guitarra principal era uma Fender Stratocaster, que ele apelidou de "Number One". A guitarra era composta por um corpo em alder, provavelmente fabricado entre o final da década de 50 e o início da década de 60. O braço era de maple com escala em rosewood (original da guitarra). Os captadores (Texas Special) que equipavam esta guitarra datavam de 1959.

O calibre de suas cordas geralmente eram: .013, .015, .019, .028, .038, .058. De vez em quando ele usava uma corda um pouco mais leve no E Maior como uma .012 ou .011. Ele sempre afinava meio tom abaixo.
Suas palhetas eram Fender Mediums, tocadas de lado com borda arredondada.

Stevie usava uma combinação de amplificadores, todos ligados ao mesmo tempo, Dois Fender Super Reverbs "Blackface", Cabeçote Dumble Steel String Singer de 150 Watts com caixas acústicas Dumble 4x12"
Cabeçote Marshall Major de 200 Watts com caixas acústicas Dumble 4x12"
Dois Fender Vibroverb "Blackface", Com um falante de 15", ligado a uma caixa acústica Fender Vibratone com falante interno rotativo do tipo "Leslie"
Todos seus amplificadores tinham seus falantes trocados por falantes Electro-Voice.

Ele sempre usou um Ibanez Tube Screamer, começando com o primeiro modelo 808, passando pelo modelo TS-9 e TS-10 Classic.
wah-wahs Vintage Vox '60's
Fuzz Face Vintage Dallas-Arbiter
Tycobrahe Octavia '60's


Discos
Texas Flood (1983)
Couldn't Stand the Weather (1984)
Soul to Soul (1985)
Live Alive (Ao vivo em 1986)
In Step (1989)
Family Style (Com seu irmão Jimmie Vaughan, como "The Vaughan Brothers", em 1990)
Last Farewell (Gravado durante a sua última turnê nos Estados Unidos (1990)

Gravações com Lançamentos Póstumos
The Sky Is Crying (1991)
In the Beginning - 1992 ( gravado em 1980 )
Live At Carnegie Hall - 1997 ( gravado em 1984 )
Albert King With Stevie Ray Vaughan – In Session - 1999 ( gravado em 1983 )
Solos, Sessions & Encores (2007)

Compilações
Greatest Hits (1995)
The Essential Stevie Ray Vaughan and Double Trouble (1995)
Crossfire - Salute to Stevie Ray Vaughan(1996)
The Real Deal: Greatest Hits Volume 2 (1999)
Blues at Sunrise (2000)
SRV (Caixa com gravações antigas, raridades, hits, material ao vivo) (2000)
Live At Montreux 1982&1985 (2001)
Martin Scorsese Presents The Blues - Stevie Ray Vaughan (2003)

Bootlegs Famosos
1978 Unreleased Album  gravado em Nashville no Jack Clemont's Belmont Studio estreando Miss Lou Ann Barton
1980-07-22 Kings Head Bay Inn, Norfolk, Virginia
1981-10-14 Fitzgerald's, Houston, Texas
1988-12-29 The Stone Pony, Asbury Park, Nova Jérsei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Abaixo alguns vídeos deste grande Bluesman!

Clip Stevie Ray Vaughan And Double Trouble - Cold Shot


Stevie Ray Vaughan And Double Trouble - Pride and Joy


Stevie Ray Vaughan - Couldn't Stand The Weather


Stevie Ray Vaughan - Life Without You


Stevie Ray Vaughan - Texas Flood


Stevie Ray Vaughan - Voodoo Child (Jimmi Hendrix)

Abraços
Blog Blues Brasil

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

O BLUES ESTÁ DE LUTO!


Fala galera do Blog Blues Brasil, 
uma triste notícia hoje abalou o mundo do blues! 
O maior ícone do Blues Brasileiro nos deixou...
Celso Blues Boy faleceu nesta segunda-feira aos 56 anos, 
causa de um câncer na garganta. 

Estou sem palavras..o que me resta é fazer uma pequena 
homenagem, a esse grande blues man nacional!

Celso Blues Boy - Brilho da Noite


Grande Abraço

Blog Blues Brasil